Queijo

Na Suíça, produz-se queijo desde tempos imemoriais. E os suíços comem queijo em grandes quantidades.

Mulher com tina de queijo tradicional
© AOP / IPG

Na Suíça, há mais de 450 tipos de queijo. Queijo de consistência dura, queijo de pasta mole, queijo fresco, queijo alpino, queijo caseiro, queijo fatiado – e todos eles têm seu caráter próprio. O “Gruyère” é o tipo de queijo mais conhecido da Suíça, com a maior quantidade produzida, seguido do queijo Emmental e do Mozzarella. Outras marcas, como o “Sbrinz”, o “Appenzeller”, o queijo Raclette ou o “Tête de moine”, também gozam de uma excelente reputação. 

A produção de queijo tinha uma grande importância, já desde muito cedo, para os círculos rurais das regiões montanhosas da Suíça. No século XV, começou-se a usar o coalho, um agente de fermentação do estômago de vitela. Com isso, o queijo tornou-se durável por mais tempo e, deste modo, um alimento básico. O queijo suíço é exportado para países europeus desde o século XVIII. 

Atualmente, a produção anual de queijo suíço é de cerca de 180.000 toneladas. Um terço é destinado à exportação, principalmente para a França, a Itália e a Alemanha.

Informações adicionais