As línguas – fatos e números

Na Suíça há quatro regiões linguísticas: a Suíça alemã, francesa, italiana e romanche. O multilinguismo é um aspecto fundamental da identidade da Suíça.

Jornais suíços em várias línguas nacionais
Jornais suíços em várias línguas nacionais. © Christoph Baldinger

  • O alemão é a língua principal para aproximadamente 63% da população. Mas, na realidade, trata-se de uma mistura de dialetos alemânicos, que estão condensados sob o conceito de “Suíço-alemão”.
  • O francês é a língua principal para cerca de 22,7% da população.
  • O italiano é a língua principal para cerca de 8,1% da população.
  • O romanche é a língua principal para cerca de 0,5% da população.
  • Alguns cantões são multilíngues: Berna (alemão-francês), Friburgo (francês-alemão), Valais (francês-alemão) e os Grisões (alemão-romanche-italiano).
  • No local de trabalho, o suíço-alemão é a língua mais difundida (66%), seguido do alemão padrão (33,4%), do francês (29,1%), do inglês (18,2%) e do italiano (8,7%).
  • Mais de 42,6% da população com mais de 15 anos de idade fala regularmente mais que uma língua.
  • Para a diversidade linguística também contribuem os estrangeiros que residem na Suíça. O inglês e o português são as línguas estrangeiras mais faladas na Suíça.
  • Outras línguas faladas com frequência na Suíça são o espanhol, o sérvio, o croata e o albanês.