Línguas e dialetos

A Confederação Helvética tem quatro idiomas oficiais, consagrados pela Constituição do país: alemão, francês, italiano e romanche.

Painel publicitário de um restaurante em dialeto suíço-alemão
Painel publicitário de um restaurante em dialeto suíço-alemão, Rapperswil-Jona. © Mundartbeiz

Suíço-alemão

A língua mais difundida na Suíça é o suíço-alemão; sob esta denominação genérica está condensada uma grande variedade de dialetos alemânicos. Estes dialetos são falados por uma grande maioria da população na parte alemã do país. Os dialetos são linguagem corrente em todas as áreas e para todos os estratos sociais.

Existem diferenças significativas de dialeto entre algumas regiões (por exemplo, entre as regiões da Basileia, Zurique e Berna). Além disso, há inúmeros subgrupos dialetais dentro das grandes regiões linguísticas. No entanto, todas as pessoas falantes do suíço-alemão entendem-se mutuamente.

Determinados dialetos caracterizam-se por características regionais muito fortes ou sotaques especiais, como, por exemplo, o dialeto alto valaisiano, falado na parte alemã do cantão de Valais, ou o “Seislerisch” na parte alemã do cantão de Friburgo.

O suíço-alemão não é uma língua escrita, exceto na comunicação informal, por exemplo, em mensagens pessoais. Para a correspondência usa-se a língua alemã padrão.

Francês

Na Suíça francesa, o francês é a língua oficial do país. Cada região tem suas características e sotaques especiais, enquanto o francês suíço se desvia apenas ligeiramente do francês padrão.

Até a metade do século XX, os dialetos franco-provençais (“Patois”) ainda eram muito difundidos; atualmente desapareceram quase completamente. No entanto, ainda são falados – principalmente por pessoas mais idosas – em alguns vales de Valais, no Jura e no cantão de Friburgo.

Italiano

No Tessino e nos vales dos Grisões localizados ao sul, o italiano é a língua oficial do país. Os dialetos lombardos ainda estão muito difundidos.

Romanche

O romanche somente é falado por algumas dezenas de milhares de pessoas em algumas regiões de Grisões. Há cinco dialetos diferentes: o sursilvan, o sutsilvan, o surmiran, o puter e o vallader.