Figuras míticas

Uma série de figuras míticas são componentes essenciais da identidade helvética.

A "Helvetia" na moeda de 2 francos
A Helvetia na moeda de 2 francos © EDA, Präsenz Schweiz

  • As aventuras de Heidi, uma menina das montanhas suíças, tornaram-se conhecidas no mundo inteiro. O livro de Johanna Spyri foi traduzido para mais de 50 línguas e foi várias vezes transformado em filme.
  • A história de Guilherme Tell, o lendário herói da independência suíça, que teria contestado um magistrado imperial dos Habsburgos, faz parte dos mitos fundadores da Suíça. Na opinião dos historiadores, Tell tem suas raízes nos mitos dos Vikings. Guilherme Tell tornou-se conhecido pela famoso drama de 1804, de mesmo nome, do poeta alemão, Friedrich von Schiller.
  • A Helvécia é uma figura alegórica feminina com lança e escudo e serve à confederação como figura de identificação. A representação mais conhecida da Helvécia pode ser vista nas moedas suíças (50 cêntimos, 1 franco, 2 francos).