Implementação de padrões globais

Desde a crise financeira mundial, o ambiente internacional mudou radicalmente. A estrutura operacional do centro financeiro suíço foi adaptada aos acontecimentos internacionais dos últimos anos. A implementação de padrões globais é verificada por instâncias internacionais por meio de avaliações de países individuais.

Inúmeros mastros com bandeiras de vários países.
A Suíça participa no desenvolvimento de novos padrões nos setores financeiro e fiscal e, simultaneamente, implementa reformas internacionais. © PRS

A Suíça, enquanto centro financeiro internacional de primeira importância, desempenha um papel importante na agenda regulatória mundial e implementa as principais reformas acordadas pelo mercado financeiro. Isso reforça a estabilidade financeira e aumenta a credibilidade do centro financeiro suíço. 

Ambiente alterado após a crise financeira mundial 

Desde a crise financeira mundial, que teve início em 2007 com a crise imobiliária no mercado Subprime nos Estados Unidos, o ambiente internacional mudou radicalmente. A estrutura operacional do centro financeiro suíço foi revista nos últimos anos, de acordo com os acontecimentos internacionais. Além disso, a Suíça participou ativamente no desenvolvimento de novos padrões no setor financeiro e fiscal.

Foram feitos ajustes sobretudo na área dos requisitos de capital e liquidez para os bancos. A Suíça também reviu de modo abrangente a sua legislação em matéria de infraestruturas do mercado financeiro e negociação de derivativos, assim como no combate à lavagem de dinheiro. Importantes requisitos de solvência já haviam sido determinados para as seguradoras suíças, sendo reconhecidos como equivalentes aos regulamentos da UE. 

Troca automática de informações

A transição amplamente apoiada pela comunidade internacional para a troca automática de informações em matéria fiscal representa uma mudança fundamental nas negociações do centro financeiro suíço com clientes estrangeiros. O fundamento jurídico suíço para a troca internacional de informações automática entrou em vigor no dia 1 de janeiro de 2017. Uma primeira troca de informações com 36 países-parceiros selecionados ocorreu em 2018. Outros países farão os mesmos nos próximos anos. 

Implementação de padrões internacionais 

Instâncias internacionais, como a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o Fórum Global, o Financial Action Task Force (FATF; Grupo de Ação Financeira) e o Financial Stability Board (FSB; Conselho de Estabilidade Financeira), realizam processos de revisão por pares (Peer Review) e avaliações de países para verificar a aplicação de padrões globais. A Suíça tem um grande interesse em assegurar que todos os Estados estejam sujeitos às mesmas regras e em obter bons resultados em suas próprias avaliações.

A Suíça continuará a trabalhar pela integração de padrões internacionalmente reconhecidos em sua política de mercado financeiro.