Infraestrutura

A nível internacional, a infraestrutura de telecomunicações na Suíça está bem desenvolvida e é de elevada qualidade. Desta forma, a praça econômica da Suíça consegue uma vantagem considerável em relação à concorrência internacional.

Postes de linhas aéreas com panorama alpino
© Alexander Dietz

O mercado suíço das telecomunicações é dominado por empresas privadas, nas quais, no entanto, o estado também investe somas elevadas (a Confederação é acionista principal da Swisscom). Desde a liberalização do mercado nos anos 90 que uma concorrência intensa domina não só entre os vários fornecedores mas também em relação às diferentes tecnologias (rede fixa, rede móvel e Internet). 

Em termos de rede fixa, quase 100% das casas possui uma conexão de rede de cabo da Swisscom. Em termos de televisão por cabo, existem cerca de 300 redes nacionais e locais, que abrangem cerca de 74% das casas. A empresa UPC é líder de mercado nesta área, seguida pela Swisscom 

Além disso, a Suíça possui uma das redes de banda larga ADSL mais densas do mundo. A capacidade da rede de telecomunicações pôde aumentar perceptivelmente em pouco tempo devido à substituição dos cabos de cobre por cabos de fibra até às conexões do usuário. 

É possível dividir as tecnologias de transmissão sem fios em duas categorias: a radiodifusão terrestre, para recepção de sinais de rádio e de TV; e a telefonia móvel, para o tráfego interativo de voz e dados. Graças aos cerca de 18.860 transmissores em três redes celulares (GSM), 3G/UMTS e 4G/LTE, a telefonia móvel abrange praticamente 100% da população.