Esqui

O esqui é um “tipo de esporte nacional” suíço. Está fortemente ligado à consciência nacional e ao mito das montanhas.

Esquiadores durante uma descida nas montanhas
Diversão de esqui na estância de desportos de inverno de Meiringen-Hasliberg, na região de Berner Oberland. © swiss-image.ch / Christian Perret

Na classificação dos destinos mundiais de esqui preferidos, a Suíça ocupa o quinto lugar. O esqui é praticado por uma grande parte da população e, em determinadas regiões, como Valais ou Grisões, é um importante fator econômico. Zermatt, Verbier, Davos, Laax e St. Moritz são os centros de esportes de inverno com os números mais elevados de visitantes. 

Os primeiros clubes de esqui foram fundados em 1893, em Glarus, em 1900, em Berna, e em 1901, em Zurique. No início do século XX, lugares como Davos e St. Moritz começaram a atrair esquiadores. Desde aproximadamente 1950, quando as pistas de esqui foram equipadas com instalações de transporte, o esqui desenvolveu-se, tornando-se um verdadeiro esporte popular e um fenômeno do turismo de massa. O snowboarding também usufrui de grande preferência, sobretudo entre os jovens. 

Os esportistas suíços fazem parte dos melhores no esqui alpino e em modalidades afins, como no salto de esqui e no snowboarding. Nos Jogos Olímpicos de Inverno, os atletas conquistaram, até agora, um total de 59 medalhas no esqui alpino, 12 na modalidade de snowboarding e 5 em salto de esqui. Além disso, a Suíça forneceu vários campeões mundiais de esqui. Entre os esquiadores mais conhecidos das últimas décadas estão Carlo Janka, Lara Gut, Didier Cuche, Erika Hess, Vreni Schneider, Pirmin Zurbriggen e Bernhard Russi.

Informações adicionais