Organizações internacionais

A cidade de Genebra alberga muitas organizações internacionais e organizações não governamentais, além de ser a sede europeia das Nações Unidas. Além disso, a Suíça é membro de uma série de organizações internacionais e representa um papel ativo nas Nações Unidas desde sua entrada na ONU em 2002.

Barraca sanitária em acampamento no Iraque
Província de Anbar, campo de refugiados sírios de Al-Obeidi. © ICRC / Pawel Krzysiek

Desde então, há mais de cem anos que organizações internacionais se estabelecem na Suíça. Atualmente são 35, nomeadamente a Organização Mundial do Comércio, a Organização Mundial de Saúde ou a Organização Internacional para os Refugiados (IOM). Grande parte escolheram Genebra como sede, seguindo o exemplo da ONU, que além da sua sede principal em Nova Iorque, instalou sua segunda sede em Genebra. 

A Genebra internacional alberga, além disso, cerca de 250 organizações não governamentais com estado de consultor nas Nações Unidas, 175 representações de estados estrangeiros e muitas outras organizações de cooperação internacional, como o Comitê Internacional da Cruz Vermelha. Todos os anos, dezenas de conferências e encontros internacionais têm lugar em Genebra. 

Desde a sua entrada em 2002, a Suíça representa um papel ativo na ONU. Contribuiu para a criação de um novo Conselho de Direitos Humanos em 2006, para a reforma do Conselho de Segurança, para a política ambiental internacional, para a cooperação para o desenvolvimento e ajuda humanitária, para a promoção da qualidade de Estado de direito, bem como em questões financeiras e administrativas da ONU. Além disso, apresentou sua candidatura para um lugar no Conselho de Segurança para 2023-24. 

A Suíça é ainda membro de várias organizações internacionais. Em 1960, a Suíça foi um dos membros fundadores da Associação Europeia de Comércio Livre (EFTA). Desde 1963, a Suíça é membro do Conselho da Europa e, desde 1975, da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), organização essa que presidiu em 2014. Além disso, a Suíça é membro da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) desde 1961 e membro das organizações Bretton-Woods (Fundo Monetário Internacional e Banco Mundial) desde 1992.