Lagos e rios

Cerca de 6% das reservas de água potável da Europa encontra-se na Suíça. Cerca de 4% da superfície total do país é ocupada por lagos e rios.

Reno posterior próximo a Rothenbrunnen
O Hinterrhein perto de Rothenbrunnen, cantão dos Grisões. © FDFA, Presence Switzerland

Existem cerca de 1500 lagos na Suíça. Os maiores ficam no sopé norte do Jura (Lago Léman, Lago de Neuchâtel, Lago de Bienna), no Planalto suíço (Lago de Constança, Lago de Zurique), nos Pré-Alpes suíços e na encosta norte dos Alpes (Lago de Thun, Lago de Brienz, Lago de Zug, Lago dos Quatro Cantões) bem como na encosta sul dos Alpes (Lago de Lugano, Lago Maggiore). A estes juntam-se centenas de pequenos lagos naturais e artificiais, principalmente nos Alpes.

A maioria dos lagos suíços são antigas geleiras que se formaram durante a última era do gelo. O Lago Léman, na fronteira franco-suíça, é o maior lago da Europa Central. O maior lago exclusivamente em solo suíço é o Lago de Neuchâtel, com uma superfície de 218km2

O Ródano, o Reno e o Inn nascem na Suíça e desaguam  no Mediterrâneo, no Mar do Norte e no Mar Negro, passando pelo Danúbio. A extensão do Reno em solo suíço corresponde a 375km, do Ródano 264km e do Inn 90km.

Informações adicionais